MALDIVAS

Geral: Localizada no continente asiático, ao sudoeste da Índia, esse país insular é composto por cerca de 1200 ilhas no Oceano Índico. Foi colônia portuguesa, holandesa e britânica e conseguiu sua independência em 1965, seu sistema político foi o sultanato até 1968, quando a república foi instaurada. É o país menos populoso da Ásia, tendo também a menor altitude em relação ao mar. Sua principal fonte de renda é o turismo e a pesca.

Sociedade e Meio Ambiente: O país obteve um IDH de 0,6 em 1990, sendo considerado um nível médio, dessa forma pode-se dizer que as condições socioeconômicas nas Maldivas são consideravelmente boas, tendo atingindo uma redução da mortalidade infantil e do analfabetismo. Sua relação com o meio ambiente é intrínseca, por isso se teve a criação de uma comissão nacional para proteção do ambiente em 1984 e um plano de ação para o ambiente em 1989, além de outras ações internas, como a proteção à vida marinha e os corais, e a ratificação de acordos internacionais sobre a proteção ambiental.

Rio 92: A delegação demonstra sua preocupação com o aquecimento global e o aumento do nível do mar, dizendo que sua população e seu país como um todo correm perigo de serem vítimas das consequências ambientais, assim como outros pequenos países, de desaparecem da Terra no próximo século. Trazendo as discussões de Estocolmo, a delegação pontua que, as medidas e pontos discutidos anteriormente não tinham foco nas questões econômicas e sociais, e isso levou a atual crise vivenciada, pois o crescimento dos países afeta todas as arenas (ambiental, econômica e social) e por isso precisa ser resolvida como um todo. Ressalta a importância e a sabedoria dos países ilhas, mostrando que além da bagagem cultural fornecida por eles, há também muito conhecimento local de suas relações de harmonia para com a natureza, que infelizmente foram afetadas pelo crescimento populacional e a exploração dos recursos realizada por outros países. Alega que a diferença de responsabilidades entre países do Norte e do Sul e seus níveis de desenvolvimento é o que gerou a crise enfrentada e que a maneira de mudar esse quadro é se os países do Norte darem assistência para o desenvolvimento sustável e problemas sociais dos países do Sul.

“Não deixe que nossa voz não seja ouvida. Pois, se você fizer, pode ser para sempre. ” – Maumoon Abdul Gayoom.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s