PNUMA

Geral: O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), é um
programa das Nações Unidas voltado à proteção do meio ambiente e à promoção do
desenvolvimento sustentável. O PNUMA foi criado em 15 de
dezembro de 1972 durante a Assembleia Geral das Nações Unidas, sendo regido
através da Carta da ONU. Tem como objetivo coordenar as ações internacionais de
proteção ao meio ambiente e promover o desenvolvimento sustentável. Para isso,
trabalha com grande número de parceiros, incluindo outras entidades das ONU,
organizações internacionais, organizações ligadas aos governos nacionais
e organizações não governamentais.

Sociedade e Meio Ambiente: Principal autoridade global e um defensor autorizado
do meio ambiente, o programa tem por objetivo promover a conservação do meio
ambiente e o uso eficiente de recursos no contexto do desenvolvimento sustentável.
O PNUMA encontra-se localizado em uma junção de dois órgãos da ONU,
a Assembleia Geral e o Conselho Econômico e Social, sendo um dos programas
mais antigos em vigência. O PNUMA desenvolve seus programas ao longo de sete
áreas principais: mudança climática, desastres e conflitos, manejo
de ecossistemas, governança ambiental, substâncias químicas e resíduos, eficiência
no uso dos recursos e meio ambiente sob estudo. Sua missão declarada é
“promover liderança e encorajar parcerias no cuidado com o ambiente através da
inspiração, informação e capacitação de nações e pessoas para que melhorem sua
qualidade de vida sem comprometer a das futuras gerações”. Faz parte do seu
trabalho publicar estudos científicos nas suas diferentes áreas de concentração, que
oferecem panoramas aprofundados sobre os problemas ambientais do mundo e sua
relação com a sociedade, ao mesmo tempo em que dão instrumentos e alternativas
para que a realidade atual se modifique em direção a um modelo de
vida sustentável.

Rio 92: Na Cúpula da Terra, o PNUMA, encorajou a proposta que reforçava a
necessidade do investimento público e privado para implementar soluções
ambientais no âmbito de cada país. No entanto, foram necessários recursos novos e
adicionais para ajudar os esforços dos países em desenvolvimento para
implementar as práticas de desenvolvimento sustentável e proteger o meio ambiente
global. Em 1988, a ONU Meio Ambiente (então PNUMA) e a Organização
Meteorológica Mundial (OMM) se uniram para criar o Painel Intergovernamental para
as Mudanças Climáticas (IPCC), que se tornou a fonte proeminente para a
informação científica relacionada às mudanças climáticas. O principal instrumento
internacional neste assunto, a Convenção Quadro das Nações Unidas sobre
Mudanças Climáticas (UNFCCC), foi adotado em 1992.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s