As ONGs no Rio-92

Oie, delegadxs!

Hoje será abordado os papéis das ONGs no Rio-92 para o nosso querido MINIONU!

No debate ambiental de 1972, as ONGs foram colocadas em um Miljöforum, em que elas participavam em uma subdivisão da conferência oficial, mesmo nessa posição conseguiram deslocar ações com o intuito de melhorar o debate oficial. Essa implementação das ONGs se constituiu a partir do direcionamento da Conferência de Estocolmo até o Rio-92, já que por meio da conscientização da sociedade civil, por exemplo, o encontro dos povos Xingu, que manifestaram movimentos a favor ao meio ambiente (OLIVEIRA, 2011).

 Diante desse fato, o segundo fórum ambientalista (Rio-92) obteve o Fórum Global de ONGs e movimentos sociais, em que houve um debate de propostas vinculadas as questões domésticas ambientais dos Estados que ali se mostravam presentes em um viés empresarial, indígena, religioso entre outros… Além disso, a introdução de músicas e outras formas artísticas proporcionaram uma melhor interação dos diferentes povos para que o debate fluísse (OLIVEIRA, 2011).

Nesse contexto, ONGs como PNUMA, órgão da ONU para a preservação do meio ambiente, Greenpeace, agência não governamental com fundo para o meio ambiente, WWF, agência não governamental que procura arrumar deformações feitas pela atuação do ser humano já encontradas no meio ambiente e manter a preservação, CEPAL, comissão econômica para uma melhor cooperação entre a América Latina e o Caribe, FAO, relacionando a agricultura, entre outras, fizeram com que o diálogo fosse mais positivo.

Referência Bibliográfica:

OLIVEIRA, Leandro Dias de. A Geopolítica do desenvolvimento sustentável: Um estudo sobre a Conferência do Rio de Janeiro (Rio-92). São Paulo: Biblioteca “Conrado Pashoale” do Instituto de Geociência UNICAMP, 2011.

Anúncios

Documento de Trabalho

Olá, galerinha!

Hoje será apresentado mais um post para nosso 4° MINIONU!

Abordarei o conceito de Documento de Trabalho, o qual ocorre quando uma delegação gostaria de incluir em seu discurso para sustentar seu argumento ou responder outra questão abordada por outra delegação, por exemplo, uma imagem, vídeo ou música. Nesse caso, é necessário que seja disponibilizado à mesa, para apreciar positivamente e haver uma melhor condução do debate, por meio de um pen drive e , além disso, só será aceito se 1/5 do Quórum assinar validando esse documento.

Vamos exemplificar:

Uma delegação gostaria de abordar em seu discurso uma imagem que terá que ser projetada no momento de sua fala. Ela terá que pedir a um voluntário que pegue uma folha, na qual estará escrita o que é desejado pela delegação, após ser apreciada e validada pela mesa, haverá uma votação para que ela seja efetuada.

Meio ambiente Cinematográfico

Oi galerinha!

Segue mais um post sobre discussões relacionadas ao meio ambiente, dessa vez vamos apresentar o meio ambiente cinematográfico para fazer aquele esquenta para o MINIONU!

O documentário Before the flood foi apresentado em 2016 com o intuito de conscientizar as pessoas do mundo sobre as consequências e causas do aquecimento global. Com isso, Leonardo Dicaprio viaja pelo mundo procurando entender cientificamente os fatos e conversar cm os atores internacionais que vem fazendo ações que impactam o meio ambiente e entrevistando pessoas como Barack Obama, Bill Clinton, John Kerry e o Papa Francisco.

Em sua jornada, a compressão dos fatos vai desde o entendimento dos male efeitos do dióxido de carbono e do metano, quais são as produções que mais emitem esses gases (produção bovina, extração de combustíveis fósseis…) até a compressão do conceito de poder entre países e empresas que financiam políticos corruptos à atuarem contra esse tópico que gera uma perda do ecossistema e problemas a saúde dos seres humanos. 

Segue o link: https://www.youtube.com/watch?v=0KtouDx_smQ

MOÇÃO

Oi pessoal esse post vai servir para explicar como funcionam as moções que tanto falamos durante os debates! Existem alguns tipos de moções e estas vêm depois da pergunta “há alguma questão ou moção?”. Eis as que podemos utilizar:

Moção para introdução do tópico: direciona o debate para a discussão do tópico. Alterna-se da lista de oradores padrão para a lista do tópico 1. Sempre se respeita a ordem dos tópicos, discutindo primeiro os que foram formulados antes e assim sucessivamente.

Moção para adiamento da sessão: é usada quando o tempo da sessão está expirando e ainda não se chegou a uma resolução, logo, com essa moção se volta para a discussão em um outro momento.


Moção para o fechamento da lista de oradores: A lista de oradores é fechada, porém todos aqueles que estão com o nome na lista se pronunciem mas não serão adicionados novos nomes. Ainda há a possibilidade de se pedir uma moção para reabertura da lista, se não houver o debate segue para os processos de votação.

Moção para o encerramento da lista de oradores: Diferente do fechamento da lista de oradores, no encerramento suspende-se todos os pronunciamentos restantes na lista e segue para os processos de votação.

Moção para introdução da proposta de resolução: assim que a proposta de resolução for enviada a mesa, apreciada e aceita deve-se pedir essa moção. A proposta será lida por um dos patrocinadores para todos e assim abre-se uma nova lista para discussão da proposta.


Moção para arquivamento do tópico: é usada quando a discussão sobre determinado tópico não se faz produtiva, assim este é adiado para futura discussão em outro momento, que volta a discussão quando se pede uma moção para reconsideração do tópico.

Moção para a mudança no tempo de discurso: é pedida em casos que as delegações observam que o tempo de discurso atual não é compatível com o debate, podendo ser aumentado ou diminuído conforme necessário.

A moção para divisão da questão é mais complicada de explicar por isso falaremos sobre ela quando postarmos sobre a proposta de resolução, pra ficar mais fácil pra todo mundo!

Por hoje é só galera, fiquem na paz! Qualquer dúvida estaremos a disposição de vocês!

DEBATES

Olá delegadas e delegados! Hoje vamos falar sobre os famosos debates. Os debates são o que compõem o projeto e vão além de apenas expor uma ideia ou um questionamento. Existem 4 tipos de debate na MINIONU:

A lista de oradores é a forma mais comum de se realizar um debate dentro do comitê, para se pronunciar basta levantar a plaquinha com o nome de sua delegação, que será anotado na lista de oradores, e aguardar sua vez chegar para se pronunciar.

Outros tipos de debate são realizados através de moções, que precisam passar com uma Maioria Simples (falaremos desses assuntos mais adiante), trazendo uma justificativa para o pedido e quanto tempo de fala as delegações terão no debate. Dica: esses debates são ótimos para consultar-se com seus aliados e para formular propostas de resolução.

Debate moderado: de aspecto formal, é escolhido um número de discursos a serem realizados e aqueles que desejam se pronunciar levantam suas placas, sendo escolhidos para se pronunciarem de forma aleatória pela mesa.

Debate não moderado: é de aspecto informal, onde os delegados e delegadas podem circular pela sala e conversar uns com os outros sobre o debate e tirar informações que venham a emergir em uma proposta de resolução.

Consulta informal: possui a mesma ideia do debate não moderado porém, não se sai do lugar e procura-se fazer questões mais pontuais de caráter consultivo sobre a opinião de outras delegações.

Por enquanto é só! Até a próxima, qualquer dúvida não hesitem em entrar em contato com a gente 🙂

QUESTÃO

“Há alguma questão ou moção?”

Essa é a pergunta que a mesa fará, às delegações, entre um discurso e outro. Nesse momento, as questões podem ser pedidas. A única questão que pode ser feita fora desse período, ou seja, interrompendo o discurso de outra delegação, é a de privilégio pessoal.

Questões de dúvida: são pedidas quando o(a) delegado(a) esta incerto(a) sobre as regras ou procedimentos da reunião. Ao pedir essa questão, a mesa diretora esclarecerá a dúvida do(a) respectivo(a) delegado(a).

Questões de ordem: são pedidas quando há um comportamento indevido por parte da mesa diretora ou de outra delegação, como por exemplo, quando os nomes da lista de oradores tenham sido colocados em ordem invertida (pois eventualmente a mesa pode se equivocar).

Questões de privilegio pessoal: para quando algum(a) delegado(a) se sentir pessoalmente ofendido(a) com o discurso de alguma outra delegação ou desconfortável fisicamente devido a outras causas (por exemplo: as janelas estão todas fechadas e está muito quente dentro da sala).

E aí, delegadxs, aprenderam o que são as questões? Qualquer dúvida, não hesitem em nos contatar! Bons estudos e até o próximo post!

Você sabia?

Hoje vamos trazer um assunto que foi muito comentado durante a semana: o Dia da Sobrecarga. Este dia, é o momento no qual se tem um déficit na balança ecológica do planeta, onde a velocidade do consumo da humanidade supera a oferta dos recursos naturais do planeta.

Calculado anualmente, o último ano em que a Terra não teve um déficit ecológico, ou seja, em que os recursos naturais suportaram o volume de consumo foi em 1969. Desde essa data, o dia limite tem tido uma duração cada vez menor, e neste ano o dia foi 29 de julho, demonstrando que apesar dos avisos de cientistas sobre o avanço e degradação climática, os padrões de consumo continuam a aumentar para além dos recursos.

Gráfico sobre o avanço do Dia da Sobrecarga anualmente. Fonte:GlobalFootprintNetwrok

O Dia da Sobrecarga está diretamente relacionado com a Pegada Ecológica, que é um indicador o qual mede a quantidade de terra biologicamente produtiva e de área aquática necessárias para produzir os recursos que um indivíduo e população utilizam e como isso afeta o planeta e seus recursos.

Se você quer saber qual é a sua pegada ecológica, o site Global Footprint Network possui o teste, é só clicar aqui , onde é só mudar o idioma para o Português no canto superior da tela. E ai, será se sua relação com o planeta é saudável? Quantas Terras seriam necessárias se todos vivessem igual você?